Afrodisíaco Natural – Estimulante Feminino e Masculino


Indicado para melhora do desempenho sexual com uso dos fitoterápicos, foi desenvolvida com compostos naturais para promover a melhora do desempenho sexual, libido, vigor e o desejo sexual, além de contribuir positivamente sobre as funções cognitivas.

Apresentação: Frasco contendo 30 cápsulas gelatinosas

R$41,00

Simulação de frete

O Afrodisíaco Natural – Estimulante Feminino e Masculino foi desenvolvida com compostos naturais para promover a melhora do desempenho sexual, aumentando a circulação sanguínea, a libido, o vigor e o desejo sexual, além de contribuir positivamente sobre as funções cognitivas, como concentração e memória, diminuindo o stress, cansaço, e promovendo o bem-estar.

Na composição do Afrodisíaco Natural – Estimulante Feminino e Masculino encontramos:

TRIBULUS TERRESTRIS – Aumento da libido em homens e mulheres; redução dos níveis de colesterol; hipertensão; melhora do humor; melhora disfunção erétil; aumento de massa muscular; estimulação do sistema imune; redução dos sintomas da menopausa; estímulo da ovulação.

CATUABA – Planta medicinal muito utilizada para fazer remédios afrodisíacos para problemas de falta de libido. A Catuaba possui ação afrodisíaca, tônica, estimulante energética, antioxidante, anti-inflamatória e antimicrobiana, podendo ter diversos benefícios para a saúde

MUCUNA PRURIENS – A Mucuna é uma leguminosa nativa das regiões tropicais, precursor direto do neurotransmissor dopamina, aumenta o senso de bem-estar, aumenta a libido, aumenta os níveis de testosterona, melhora a agilidade mental e melhora a coordenação motora. Foi observada atividade afrodisíaca, com estímulo da atividade sexual, aumento dos níveis de testosterona, e consequente aumento de massa muscular e força.

GINSENG COREANO – Indicado com estimulante e relaxante do sistema nervoso central, estimula o vigor muscular; tônico cardíaco, baixa os níveis de glicose no sangue, ajuda o corpo a suportar a pressão do dia a dia, apresenta ação antiviral, antiagregante, antioxidante e melhora estados de debilidade tais como: após uma doença ou na velhice, aumentar o vigor, bem como para melhorar a resposta do corpo ao estresse, aumentando as capacidades físicas e cognitivas.

 

  • Principais Indicações do Afrodisíaco Natural – Estimulante Feminino e Masculino:
    • – Melhora da performance sexual;
    • – Auxilia no tratamento de impotência sexual;
    • – Aumento da libido;
    • – Aumento do desejo sexual;
    • – Aumento do tempo de ereção masculina;
    • – Melhora da circulação sanguínea;
    • – Aumento dos níveis de testosterona;
    • – Potencialização do efeito da Tadalafila.

 

Modo de Usar do Afrodisíaco Natural – Estimulante Feminino e Masculino: Uso oral – Tomar 1 cápsula ao dia de manhã, e tomar 1 cápsula antes da relação.

Peso 32 g
Dimensões 8 × 5 × 5 cm

1-) Codigo: 4043

2-) Nome: Fórmula Estimulante Sexual Masculino e Feminino

3-) Descrição: Indicado para melhora do desempenho sexual com uso dos fitoterápicos

            3.1-) Apresentação: Frasco contendo 30 cápsulas gelatinosas

 

4-) Informações sobre o produto:

            4.1-) Para que serve?

A Fórmula Estimulante Sexual Masculino e Feminino foi desenvolvida com compostos naturais para promover a melhora do desempenho sexual, aumentando a circulação sanguínea, a libido, o vigor e o desejo sexual, além de contribuir positivamente sobre as funções cognitivas, como concentração e memória, diminuindo o stress, cansaço, e promovendo o bem-estar. Em sua composição, está presente:

 

TRIBULUS TERRESTRIS – Trata-se de uma planta herbácea rasteira, anual, caracterizada por apresentar talos pubescentes cilíndricos, finamente surcados e decumbecentes que formam matas, com abundante quantidade de espinhos e frutos redondos também espinhosos. Suas ramas estendidas podem alcançar 30 a 50 cm de comprimento, apresenta folhas pequenas, compostas paripinadas, de inserção oposta. O tribulus é indicado em casos de desordens do trato geniturinário; aumento da libido em homens e mulheres; redução dos níveis de colesterol; hipertensão; melhora do humor; melhora disfunção erétil; aumento de massa muscular; estimulação do sistema imune; redução dos sintomas da menopausa; estímulo da ovulação. Topicamente o Tribulus terrestris é aplicado sobre feridas, eczemas e utilizado na estomatite, faringite e parodontopatias. Debilidade seminal, dentre outras aplicações.

 

CATUABA – Árvore de 10 metros de altura, apresentando ramos novos, pubescentes, que se tornam glabros com a idade. As folhas são compostas, com 5 a 7 folíolos, curtopedicelados, oblongo-elípticos, ápice acuminado, irregularmente agudo na base. As flores são branco-amareladas. A casca apresenta forma plana e levemente encurvada. A superfície externa é de cor acinzentada, variando de tons claros e escuros, com aspecto grosseiramente granuloso; apresenta lenticelas circulares pequenas e fendas longitudinais curtas e superficiais; a superfície externa é avermelhada, com fibras finamente estriadas longitudinalmente; a fratura é externamente granulosa e internamente fibrosa, o odor não é característico e sabor é fortemente amargo. É empregada pela população como purgativo, inseticida, antirreumático e tônico para tratamento de estresse, fadiga, déficit de memória e impotência sexual. Em modelos farmacológicos, comprovaram-se a eficácia de extratos de catuaba no tratamento de desordens depressivas, em processos inflamatórios e na produção de relaxamento muscular.

 

MUCUNA PRURIENS – A Mucuna é uma leguminosa anual, nativa das regiões tropicais, especialmente África e Índia, que cresce de 3 a 18 m de altura, com folhas largas e ovais, de 15 a 30 cm de comprimento. Apresenta inflorescências de racemos axilares, com flores brancas a púrpuras. O fruto da planta é uma vagem, espessa e coureácea. As sementes são negras, ovóides com hilo branco e saliente. É uma das plantas mais populares e importantes da Índia, onde é utilizada para várias doenças, incluindo Doença de Parkinson, devido ao fato de conter altas concentrações de levodopa, um precursor direto do neurotransmissor dopamina. Na América Central, assim como no Brasil, as sementes de Mucuna eram torradas e moídas para fazer um substituto do café, e por isso é conhecida vulgarmente como nescafé. A Mucuna apresenta propriedades anti-parkinsoniana, hipoglicêmica, hipocolesterolêmica, antioxidante, afrodisíaca, anticoagulante, antimicrobiana, vermífuga, analgésica, antiinflamatória, antipirética, diurética, anabólica, antiespasmódica, imunomoduladora, aumenta força e massa muscular, antienvelhecimento, aumenta o senso de bem-estar, aumenta a libido, aumenta os níveis de testosterona, melhora a agilidade mental e melhora a coordenação motora. É indicada no tratamento da doença de Parkinson, devido à alta concentração de Ldopa nas sementes. Estudos estabeleceram que, a uma dose equivalente, o pó de mucuna assemelha-se a L-dopa com respeito à modulação do caminho dopaminérgico, enquanto a presença de outros constituintes contribui para melhorar a atividade antiparkinsoniana e aumentar a tolerabilidade em animais. Concluiu-se que a melhora dos sintomas do mal de Parkinson é devida à conversão de L-dopa em dopamina e a sua distribuição em partes do cérebro onde a deficiência é associada com o Parkinson. Em estudo, foi demostrada uma significante inibição da peroxidação lipídica, que se dá devido à remoção de radicais livres ou pela quelação do ferro livre. Foi comprovado que Mucuna pruriens possui efeitos hipoglicêmicos e hipocolesterolêmicos. O nível de açúcar foi diminuído em 39% e o de colesterol em 61% em ratos alimentados com Mucuna pruriens. Também foi observada atividade afrodisíaca, com estímulo da atividade sexual, aumento dos níveis de testosterona, e consequente aumento de massa muscular e força.

 

GINSENG COREANO – Originário da região da China, Manchúria e Coréia do Norte, o Ginseng é uma das plantas mais conhecidas pelos povos orientais sendo utilizada na China há mais de 3000 anos como uma planta estimulante, reconstituinte, geradora de vitalidade, conhecido como elixir da longa vida. Sua designação vulgar deriva do chinês renshen, que quer dizer “homem-raiz”, devido à forma de sua raiz delgada. É uma planta herbácea caracterizada por ter um crescimento lento e uma altura de 30-70 cm, com pequenas e numerosas flores com uma ou duas sementes por fruto. Folhas em forma de palma, de raiz fusiforme ou cilíndrica, dividida ordinariamente em dois ramos, amarelado no exterior, branco ou amarelo no interior; cheiro aromático, sabor amargo, acre e ao mesmo tempo açucarado, medindo cerca de 5-12 cm e chegando a 1 m quando é arrancada com a idade de 10 anos. As raízes secas, das quais a periderme é retirada, são chamadas de “ginsengbranco”, enquanto que o “ginseng-vermelho” é obtido através da exposição das raízes ao vapor de água, com posterior secagem, sem a retirada da periderme. Esse procedimento altera a cor para o marrom-avermelhado. As raízes do Ginseng têm sido consideradas desde meados da década de 60 como uma planta adaptógena. Este conceito implica que seus componentes ativos não estão destinados a combater uma doença especifica, mas dirigidos a aumentar ou potencializar a capacidade de defesa de um organismo frente a agressores externos ou de ordem físico ou mental. Está indicado com estimulante e relaxante do sistema nervoso central, estimula o vigor muscular; tônico cardíaco, baixa os níveis de glicose no sangue, ajuda o corpo a suportar a pressão do dia a dia, apresenta ação antiviral, antiagregante, antioxidante e melhora estados de debilidade tais como: após uma doença ou na velhice, aumentar o vigor, bem como para melhorar a resposta do corpo ao estresse, aumentando as capacidades físicas e cognitivas. Estudos pré-clínicos demonstram que a administração de extrato de Ginseng durante uma semana produz um efeito protetor à infecção pelo vírus influenza de 20-30%. Apesar de este valor ser consideravelmente inferior ao conseguido através da vacinação, a coadministração do antígeno viral inativado com o Ginseng confere uma maior capacidade de anular a imunopatogenicidade, na sequência da infecção viral. Por outro lado, a utilização do Ginseng como adjuvante à vacinação assegura que o procedimento se assemelhe o mais possível ao processo biológico da infecção, sendo capaz de iniciar uma resposta imune suficientemente potente. Estudos in vitro revelaram que o extrato das raízes de P. ginseng facilita a sinaptogénese em culturas de células neuronais do córtex cerebral. Na sequência destas evidências, novos estudos in vivo e in vitro descrevem os benefícios do fitoterápico na profilaxia e cuidados paliativos de patologias neurodegenerativas, nomeadamente nas doenças de Parkinson, de Alzheimer e de Huntington. Também os estudos realizados in vivo, em modelos animais demonstraram que a administração oral de extrato de Ginseng protege significativamente dos efeitos neurotóxicos de agentes indutores de parkinsonismo, como a 1-metil-4-fenil-1,2,3,6-tetrahidropiridina (MPTP) e seus metabolitos. Nestes estudos, os animais tratados com o extrato de Ginseng exibem menor perda neuronal seletiva, característica da doença de Parkinson, ao nível dos neurônios dopaminérgicos da substância nigra pars compacta, efeito também associado à imunorreatividade diminuída na zona lesada relativamente aos animais não tratados. Os ginsenosídeos Rb1, Rd e Rg1 aumentam a sobrevivência de células dopaminérgicas em cultura, promovendo a extensão das dendrites, após exposição ao glutamato e à MPTP. Estes ginsenosídeos atenuam a apoptose induzida pelo MPTP, suprimem o stress oxidativo originado pela auto oxidação da dopamina e potência o fator de crescimento neuronal. O ginsenosídeo Rg3 promove a ação fagocitária da microglia na remoção da proteína fibrilar αamilóide que se acumula nos neurónios até provocar a morte celular, constituindo assim as placas senis, como consequência da degenerescência neuronal característica da doença de Alzheimer. O outro efeito importante dos ginsenosídeos consiste na sua capacidade de reduzir a atividade simpaticomimética, induzindo o relaxamento do músculo liso da parede dos vasos sanguíneos. Ao nível celular, sabe-se que determinados ginsenosídeos (Rb1, Re e Rg) ativam os canais de Ca2+ do endotélio promovendo a hiperpolarização celular e, consequentemente, a libertação de óxido nítrico (NO). Este, por sua vez induz o relaxamento do músculo liso da parede do vaso, provocando a vasodilatação, diminuindo assim a pressão arterial. As atividades adaptogênica atribuída aos ginsenosídeos permite favorecer a resposta ao stress, no sentido de preservar a homeostasia e de reduzir eventuais danos consequentes.

 

            4.2-) Principais Indicações?

  • – Melhora da performance sexual;
  • – Auxilia no tratamento de impotência sexual;
  • – Aumento da libido;
  • – Aumento do desejo sexual;
  • – Aumento do tempo de ereção masculina;
  • – Melhora da circulação sanguínea;
  • – Aumento dos níveis de testosterona;
  • – Potencialização do efeito da Tadalafila.

 

            4.3-) Contra Indicações?

Gravidez e lactação, crianças, pacientes com hepatopatias, trombose coronária, doenças cardíacas severas, hemorragias, pacientes com hipersensibilidade nervosa, esquizofrenia, histeria, hipersensibilidade a algum dos componentes contidos na fórmula. É contraindicado em combinação com inibidores da M.A.O; e para pacientes com síndromes andrógenas excessivas, por possuir atividade androgênica. O uso de Tribulus deve ser feita sob prescrição medica, em casos de hipertensão ou cardiopatias, dada a possibilidade de descompensação da pressão ou eliminação de potássio, o qual pode potencializar os efeitos dos cardiotônicos. Contudo, a venda é realizada sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Consulte-o!

 

            4.4-) Referências Bibliográficas (se houver)?

  • – Literatura do Fornecedor
  • – BATISTUZZO J.A.de O. Formulário médico Farmacêutico 3ª ed. São Paulo: Pharmabooks Editora, 2006.

 

5-) Composição:

  • Tribulus Terrestris – 80mg
  • Catuaba – 150mg
  • Mucuna Pruriens – 80mg
  • Ginseng Coreano – 150mg
  • Excipiente qsp – 1 cápsula

6-) Modo de Usar: Uso oral – Tomar 1 cápsula ao dia de manhã, e tomar 1 cápsula antes da relação.

7-) Validade: 6 meses

8 -) Advertências:

  1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
    2. Imagens meramente ilustrativas.
    3. É necessário uma dieta e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso.
    4. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
    5. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
    6. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Qualquer dúvida entre em contato com a Biopharma.
    7. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
    8. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
    9. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
    10. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
    11. Este medicamento não pode ser partido ou mastigado.
    14. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
    15. “SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO”.

Perguntas e respostas

Ainda não há perguntas.

Faça uma pergunta

Sua pergunta será respondida pela loja ou por outro cliente.

Agradecemos sua pergunta!

Sua pergunta foi recebida e será respondida em breve.

Erro

Warning

Ocorreu um erro ao gravar sua pergunta. Entre em contato com o administrator do site. Informações adicionais:

Adicionar uma resposta

Agradecemos sua resposta!

Sua resposta foi recebida e será publicada em breve.

Erro

Warning

Ocorreu um erro ao gravar sua pergunta. Entre em contato com o administrator do site. Informações adicionais: